Como administrar três amores?

 

img_20170115_134851_628
Todo mundo exibe o discurso do amor incondicional e sem distinção aos filhos, mas muitos não aprenderam a colocá – lo em prática.

É possível, sim, oferecer amor a três pessoas diferentes, desde que tenhamos em mente esse objetivo. Fazê-lo de forma automática gera o risco do desequilíbrio afetivo. Oferecer mais a um e menos ao outro, por mais que em seu íntimo ame a todos.

Amar não é fácil! Amar a mais de um, muito menos. Por isso, não dá para fazê-lo sem pensar, sem cuidar dessa distribuição, sem saber exatamente O QUE e COMO você está oferecendo este amor. Caso contrário, alguém pode sair com a sensação de que foi negligenciado em seu afeto.

Como diz o ditado: “De boas intenções o inferno está cheio!”. Portanto, cuide dos seus amores com SABEDORIA e CONSCIÊNCIA do que faz. Ninguém nasce pronto, mas para aprender corretamente é preciso QUERER!!!

E, ainda assim, é preciso saber que vamos errar. Mas, quanto mais dispostos a evitar esses erros estivermos, menos possibilidade de vivê – los iremos ter. Da mesma forma, quanto menos ligados estivermos nesse “fim”, mais chances teremos de cometermos novas falhas.

MC

PS: isso sem contar que ainda tem o marido, o irmão, a mãe, o amigo e muitos outros “amores” que cultivamos ao longo da vida!

Atendimento online em: http://www.psicolink.com.br/mariacesar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s