Fetiches…

Resultado de imagem para fetiches

  • Apesar de nem todo mundo admitir, ou se permitir, cerca de 45% das pessoas têm algum tipo de FETICHE! Homens mais comumente que mulheres, pra variar, tendo em vista a “sina” que nos acompanha nesse campo, incrivelmente, ainda tão pouco explorado pelo universo feminino. Anos e anos de repressão nos levaram a este cenário. Mas, isto é assunto pra outro post… Hoje, a nossa conversa é sobre FETICHES!

    Pra quem não sabe, o fetiche é algo que recebe a atenção do nosso desejo SEXUAL. É quando transferimos o nosso interesse sexual para um objeto, uma parte específica do corpo do outro, uma característica pessoal desse outro ou para uma determinada situação. É algo que está à parte do sexo, mas que nos desperta EXCITAÇÃO! Há vários tipos de FETICHES e os mais conhecidos são os relacionados a vestimenta feminina (inclusive, alguns homens heteros têm fetiche por vestir tais peças sem que isso os torne homossexuais), tem os fetiches por pés, por ter relações sexuais em lugares públicos, por fazer fotos e vídeos do sexo praticado, por prender o outro, por gostar de sentir-se dominado (a), por pessoas que usam óculos e tem até quem sinta grande desejo pelo simples fato do outro mostrar-se inteligente. Há também os fetiches que são considerados crimes, e não saudáveis, como a zoofilia (prática do sexo com animais) e a necrofilia (sexo com mortos). Há, ainda, os vistos com estranheza, ou bizarros, como lamber o globo ocular de alguém e o gostar de sentir dor (o chamado masoquismo).

    A Psicologia considera que TODAS as pessoas são fetichistas em algum grau. É algo considerado saudável quando, APENAS, eleva os níveis de prazer entre o casal, de forma consensual, sem que os parceiros se sintam prejudicados, estimulando as fantasias eróticas a dois. O que não seria normal é quando a pessoa não consegue obter prazer sexual sem que o seu fetiche esteja presente, passando a desconsiderar a importância da presença do outro, bem como a interação entre si. Neste caso, o próprio fetiche passa a ser o objeto fundamental do desejo e, então, assim como os ilegais já citados, receberão o nome de PARAFILIAS. Uma disfunção sexual que pode trazer inúmeros problemas para o fetichista. 

  • Portanto, como ferramenta para desencadear a relação sexual e aumentar o prazer, o fetiche é um elemento totalmente aceitável. No entanto, o preconceito com o assunto é responsável por inibir o potencial fetichista de muitas pessoas, mas isso não significa que àquelas que o liberem estejam fora dos padrões!

    MC

  • Atendimento online em: http://www.psicolink.com.br/mariacesar

    #Mariapsi #informações#sexualidadeplena#terfeticheéalgonormal#disfunçoessexuaistêmtratamento#procureumpsicologo#agendeseuatendimento

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s