Vida real X Vida virtual

Resultado de imagem para tanta gente on com o coração off

Claro que não! As redes sociais não devem ser usadas para o mal, nem tão pouco para expor nossas tristezas, ou momentos corriqueiros. Vou muito fazer uma selfie assim que acordo. Eu hein…rs

Não é essa a questão. Quem constrói realidades que não vive, não engana ao outro e, sim, a si mesmo. Essa é a reflexão que nos devemos fazer.

São pais atenciosos e amorosos que nunca têm um tempo para seus filhos
Casais que mal se falam dentro de casa, mas que se declaram no instagram
Pessoas tristes que se escondem atrás de um sorriso forçado que lhes doi a alma

Enfim….
Ninguém sabe, mas a mentira que você exibe, você (ou eu) não consegue esconder de si mesma (o).
Boa reflexão a todos
MC

Atendimento online em: http://www.psicolink.com.br

Um comentário sobre “Vida real X Vida virtual

  1. Excelente reflexão: no mundo de individualismo cada vez maior, cada cuida de si, inclusive os pais, que deixam a educação à carto das escolas. Há algum tempo escrevi um poema sobre esse individualismo, comparando-o com a burocracia das repartições. Caso tenha um tempinho dê uma olhada: https://salosouza.wordpress.com/2017/12/19/sr-cartesiano/ Não é só a questão da identidade que está em jogo: a nossa maneira de ser é uma construção cultural cujo principal pilar é nossa compreensão da estrutura do “eu”, coisa que estamos perdendo completamente. Casa pessoa crê que nasceu por si mesma, parida por suas próprias mãos, como se isso fosse realmente possível. Creio até que o conceito de Butler da performatividade vai além da sexualidade. Bachelard, em “A Poética do Espaço”, já dizia da tríade do sujeito individual, aquele que abre seus salões à se mostrar, refletido nos espelhos, como o centro de todas as atenções e que, ao mesmo tempo, esconde seu sótão e seus porões à vista do outro, a quem quer se projetar, como um performer que faz teatro para que todos os olhares se voltem para ele, mas esquece de olhar para o outro. Desculpe, mas já vou botar um ponto final. Não era para ser tão longo o comentário.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s