Como falar sobre a morte com as crianças…

Resultado de imagem para o vovô vai voltar

Nossa cultura ocidental transformou este assunto em um TABU que tem levado muitas pessoas a passarem a vida a se preocupar com este momento, mesmo que de forma latente. Morrer é tão natural quanto o viver. E quanto mais cedo tivermos esse entendimento, mais estaremos prontos para enfrentarmos este momento com serenidade e sem adoecimento psíquico.

Claro que ninguém quer morrer ou perder um ente querido! Mas, a inevitabilidade da morte nos obriga sobre ela pensar. Fugir ou nega – la não nos ajuda nesse processo. E, sendo assim, quanto antes a criança entrar em contato com esta realidade melhor (refiro -me de forma abstrata, é claro!). Portanto, não devemos mascarar a morte para os pequenos. Devemos, ao contrário, ajuda-los a entender que a morte faz parte da vida e que este ciclo inclui, para praticamente todos os viventes, nascer, crescer, reproduzir e morrer!

Na prática o que fazer:

– A idade para começar a falar sobre isso? Ao surgir a curiosidade ou no momento em que ocorrer a situação. Mas, saiba que somente a partir dos 5 anos a criança terá condições cognitivas para entender todo processo, de assimilar sua irreversibilidade. Assim, as suas reações diante da morte dependerão do seu desenvolvimento psicológico.

– Devem participar dos rituais de despedidas? SIM! Não deve ser forçada, mas é importante que ela possa vivenciar esses rituais, bem como saber que, mesmo sendo natural, a morte nos causa dor. E que essa dor pode e deve ser vivida e que logo passará. Portanto, nada de chorar escondido dela.

– Usar eufemismos (do tipo “o papai virou uma estrelinha”) não ajuda em seu processo de elaboração. Use a palavra “MORTE”. Só assim, ela desenvolverá uma relação saudável com a finitude da vida.

E, por fim…

Quando a família encontrar – se muito abalada emocionalmente e sem condições de acolher a criança em seu luto (pois criança também vive o luto), é necessário solicitar a ajuda de um profissional de saúde mental, como um psicólogo!
MC

Atendimento online em: http://www.psicolink.com.br/mariacesar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s