Luto…

Resultado de imagem para luto

  • ✔Não! Não existe uma regra universal para a vivência da dor. Cada pessoa sente de uma forma diferente. Portanto, cada um de nós irá reagir de maneira particular diante da perda de uma pessoa querida. A unicidade do ser é um direito de todos nós e é um fato.

    ✔No entanto, os estudos sobre comportamento humano podem nos ajudar a entendermos melhor aquilo que sentimos, como sentimos e por que sentimos. Com relação ao luto, sabemos que é um processo natural de adaptação, mas é também um produto do nosso lugar e da nossa cultura. Toda perda gera um luto. E a maneira como sofremos está muito relacionada as nossas crenças e experiências. Nosso modo de sofrer é, portanto, um aprendizado. Se não tomarmos consciência disto, jamais teremos PROPRIEDADE diante do sofrimento. Seremos tomados pela angústia do sofrer sem a possibilidade de reagirmos e superarmos a nossa dor. Ou iremos levar muito tempo para conseguirmos! É possível, então, evitarmos a dor da perda? Sim. Basta que você não ame, não se relacione, não se solidarize, não se envolva. Caso contrário, você irá sofrer, SIM!

    ✔Enlutar-se diante da morte é, pois, saudável e necessário. Estar de luto não é igual a estar depressivo. O luto não é uma doença. Entretanto, caso não saibamos ou possamos vivenciar este luto podemos, sim, adoecer. No processo de luto é fundamental que tomemos consciência das emoções que perpassam a dor sentida. Muitas pessoas permanecem infinitamente no luto por acreditarem que deixar de sofrer pode significar esquecer aquele que se foi. ISTO não é uma verdade. Finalizar o luto é tão importante como se permitir vivê-lo. Alguns pacientes sentem-se culpados, por exemplo, quando se percebem felizes, com planos futuros e com a sensação de bem-estar apesar da morte de alguém a quem muito amava. E esta emoção os fazem permanecer enlutados por muito mais tempo.

Por fim, o que tenho a dizer é que mesmo que nunca possamos estar totalmente preparados para perder alguém do nosso convívio, tomar consciência de que a morte é natural e chegará em nossas vidas em algum momento é fundamental para atravessarmos o deserto da dor e da saudade sem maiores prejuízos emocionais. Se você sente que é muito difícil fazer esta travessia sozinho (a), busque ajuda profissional.

Boa reflexão a todos
MC

Atendimento online em: http://www.psicolink.com.br/mariacesar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s