O que é meu é meu e o que é seu é…

IMG_20191027_092051_988

O MUNDO mudou, mas certos conceitos ainda permanecem impregnados nas cabeças de MUITAS pessoas. Nem homem tem a obrigação de ser provedor, nem mulher de ser dona-de-casa. .

O IDEAL é que o casal possa se unir para crescer JUNTOS. Que ambos possam realizar o papel q for necessário para esse crescimento acontecer. Como assim? .

Casal que tem PARCERIA não luta entre si por um LUGAR específico dentro da relação. Se hoje EU for a provedora e por algum motivo meu marido esteja sem trabalho, que ele possa realizar as atividades domésticas sem problema algum. E que o contrário não seja estabelecido como padrão da relação. .

Desta forma, os DOIS têm a possibilidade de crescer: seja emocionalmente e/ou financeiramente. Nada de “O que é meu é meu e o que é seu é nosso”! A maneira como o casal lida com o dinheiro reflete bem a dinâmica que existe dentro da relação. .

Casal parceiro age assim: o que é meu é meu e nosso e vice-versa! Ou seja, tenho que ter liberdade para usar o MEU dinheiro como quiser, mas dentro de uma perspectiva de que não vivo sozinha e que, portanto, o meu dinheiro tambem deve servir aos interesses da família.

Agora, para um pouco e se pergunta aí VOCÊ e seu/sua companheiro (a): Nós estamos nos ajudando a CRESCER ou bloqueando nosso crescimento?

Boa reflexão a todos
MC

@psicologa.conversa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s